Buscar
  • Evidência Negócios

Fundo de Reserva

O fundo de reserva é uma das maneiras que o condomínio possui para arrecadação extra e tem o objetivo de atender às necessidades que fogem à normalidade das contas do dia a dia.




Geralmente o valor corresponde entre 5% a 10% da taxa condominial, sendo que na maioria dos casos as arrecadações são feitas de médio e longo prazo, o que significa guardar um valor considerável de reserva.



É comum vermos casos em que a convenção não faz nenhum tipo de previsão sobre o fundo de reserva, porém, embora sua criação não seja obrigatória, a lei prevê que a convenção condominial deverá conter a forma de contribuição para constituição de fundo de reserva.



"Art. 9º Os proprietários, promitentes compradores, cessionários ou promitentes cessionários dos direitos pertinentes à aquisição de unidades autônomas, em edificações a serem construídas, em construção ou já construídas, elaborarão, por escrito, a Convenção de condomínio, e deverão, também, por contrato ou por deliberação em assembléia, aprovar o Regimento Interno da edificação ou conjunto de edificações.



§ 1º Far-se-á o registro da Convenção no Registro de Imóveis, bem como a averbação das suas eventuais alterações.



§ 2º Considera-se aprovada, e obrigatória para os proprietários de unidades, promitentes compradores, cessionários e promitentes cessionários, atuais e futuros, como para qualquer ocupante, a Convenção que reúna as assinaturas de titulares de direitos que representem, no mínimo, 2/3 das frações ideais que compõem o condomínio.



§ 3º Além de outras normas aprovadas pelos interessados, a Convenção deverá conter:



j) a forma de contribuição para constituição de fundo de reserva;”



Como deve ser utilizado o fundo de reserva?



O fundo pode ser utilizado para varias situações, inclusive suprir um problema emergencial, como uma bomba queimada.



Mas é essencial que os possíveis usos do fundo de reserva estejam previstos nos documentos do condomínio, como a definição de em quais casos o fundo em questão poderá ser aplicado, além da pessoa responsável por autorizar essa movimentação financeira. Porém caso não esteja, o melhor a ser feito é um plano para destinação do numerário e aprovar em assembléia através de maioria simples.



Quanto meu condomínio precisa ter no fundo de reserva?



Não existe um valor estipulado para isso, mas via de regra a recomendação é pela arrecadação de dois meses do valor da receita mensal. Como exemplo, um empreendimento que arrecada R$ 15 mil por mês mantém um saldo em conta de fundo de reserva de até R$ 30 mil.



O que devo fazer quando o teto de arrecadação do fundo de reserva for atingido?



A recomendação é parar o recolhimento do fundo e a partir do momento em que for utilizado retomar com a cobrança.



Posso devolver o fundo arrecadado aos condôminos caso não seja utilizado?



A partir do momento que o fundo começa a ser arrecadado ele passa a fazer parte do patrimônio do condomínio e não deve ser distribuído entre condôminos e nem restituído.




Um abraço e sucesso!


Equipe Evidência

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Precisando abrir CNPJ para condomínio?

Reunimos os principais passos para que você possa efetuar a abertura do CNPJ de seu condomínio: Emita o Habite-se Este passo inicial, via de regra, é feito pela construtora/incorporadora, por isso, co

Procurações em Assembleia

A assembleia do seu condomínio foi agendada justo naquele dia em que você está com viagem marcada, num encontro de família ou qualquer compromisso inadiável? Calma, você pode escolher alguém de sua co